Menu Principal
TwitterRssFacebook
Categorias

Publicado em 30 out 2013 em Destaques, Dicas da Tati, Dietas e Resultados | 28 comentários

Saiba mais sobre a Dieta Cíclica

Saiba mais sobre a Dieta Cíclica

Oi pessoal! Já falei várias vezes sobre essa técnica de dieta pra ganho de massa seco, mas agora vou relatar a minha experiência com ela!

Quando eu decidi ganhar massa magra, eu estava mais cheinha! Precisei secar primeiro, porque pra ganhar massa temos que comer, mesmo que o foco sejam os músculos sempre acaba vindo uma gordurinha e não iria me adaptar, tomaria um susto cada vez q me olhasse no espelho! Depois que fiquei bem sequinha, até o marido reclamou do novo look rsrs… Fiz uma dieta restrita em carbos somente de manhã e antes do treino mantendo a quantidade de proteína magra em todas as refeições com bastante verduras, folhas e brócolis, bebia bastante água e chás,  porque deu muita fome, contava os segundos pra próxima refeição, mas aguentei firme! Nessa dieta a ansiedade pela refeição off era grande viu, então quando chegava no domingo fazia meu aero em jejum, preparava meu café da manhã com tudo que não tinha na dieta, mas que não deixava de ser saudável, com bastante carbo bom, vindo das frutas, granola sem açúcar ou alguma receita fit que eu inventada. O almoço também era fora da dieta, mas sempre controlado, porque queria estar sequinha na segunda-feira! Fiquei uns 6 meses nessa dieta, a quantidade de carbo nesse período oscilava, quando me sentia muito fraca aumentava um pouquinho. Minha performance na academia mudou muito, eu não tinha nada de força, meus treinos eram bisets, dropsets e cardio pós-treino.

post dieta 1

Depois dessa fase, que já me encontrava bem seca, bem magrinha, iniciou aos poucos a segunda fase, a fase gostosa de ganho. O cardápio era um banquete, podia carnes, salmão, atum, batata doce, mandioca, aveia, arroz integral, macarrão além do frango, das claras e do peixe branco que estava acostumada, as quantidades aumentaram e acrescentei 1 refeição a mais, diminuindo o intervalo entre elas, pra não ficar cheia, mas percebi que depois de algum tempo me sentia grande inchada e gordinha rsrs… Foi aí que meu médico, Dr. Paulo Muzy, me deu a dieta cíclica, essa dieta permite comer carbos altos em dias de treino intenso, carbo médio em dias de treino mais light (tronco) e zerar em dias sem treino! Nossa, aí sim comecei a ver resultados maravilhosos, o bumbum foi o primeiro que mudou, levantou, ficou redondinho e liso, depois mudou as costas, ficaram mais fortes, porém os traços ainda delicados, as pernas cada dia que passa ficam mais desenhadas, lisinhas e com um tônus incrível, e a barriga, mesmo comendo um tantão de comida, mantive seca, apesar de não estar do jeito que eu quero ainda! rsrs

Usamos a fórmula de Levine. O cálculo base de CARBO é o seguinte:

1.2g x o seu peso 1 hora antes do seu treino, 1.0g x seu peso 15 min antes do seu treino e 1.2g x o seu peso depois do seu treino!

Lembrando q o resultado de cada cálculo será a quantidade de carboidratos e não quer dizer a quantidade de batata doce (por exemplo) que tem que comer! Exemplo, 9g de carbos efetivos é igual a 50g de batata doce pesada!

Aqui tem uma explicação detalhada da nutri querida Gabi, que vocês também podem acompanhar no instagram – @gabipescarininutri – ela dá muitas dicas legais!!

A dieta cetogênica tem sido frequentemente utilizada com o objetivo de reduzir o percentual de gordura corporal. Num curto prazo, em alguns casos, seu resultado pode ser positivo, porém quando utilizada por um longo período, ela poderá interferir na redução do metabolismo basal, diminuindo a produção de alguns hormônios. Nessa situação, o organismo passa a produzir glicose a partir de aminoácidos e ácidos graxos a fim de suprir a demanda do cérebro por glicose e, como consequência, acabamos produzindo corpos cetônicos, que são compostos tóxicos que podem causar sintomas como: dores de cabeça, desidratação, fraqueza, entre outros.  Além disso, vale lembrar que a falta de reservas de glicogênio pode causar queda de rendimento em exercícios físicos intensos, comprometendo o desempenho e possivelmente a massa magra.

post dieta 2

É com o objetivo de queima de gordura e preservação da massa magra, ou ainda sua construção, que utilizamos a dieta cíclica. Ela funciona assim: durante a semana alternamos o aporte de carboidratos, em dias de alto consumo (high), consumo moderado e baixo consumo (low), ou ainda sem carboidratos.  O consumo de proteínas deve ser alto todos os dias. O consumo de gorduras deve crescer à medida que o de carboidratos diminui, ou seja, nos dias de alto carbo, o aporte de gorduras é baixo e nos dias de baixo carbo o consumo de gorduras é alto.

Os protocolos diferem na forma como o consumo de carboidratos é distribuído na semana, entretanto todos seguem a mesma estrutura: você pode fazer um dia de carbo baixo seguido de moderado e alto, e assim sucessivamente, ou pode fazer dois ou três dias de carbo moderado, seguido de sem carbo e por último carbo alto, e repetir o ciclo.

Existem várias formas de distribuir o consumo na semana, ainda assim é interessante que o aporte alto de carbo seja feito nos dias em que se treine grandes grupos musculares ou aqueles que queremos desenvolver em especial.

A teoria por trás da dieta

As nossas reservas de glicogênio são preenchidas nos dias de alto consumo de carboidratos e, quando o organismo passa por uma privação desse nutriente, ao recebê-lo, tende a estocá-lo como glicogênio muscular. Além disso, a insulina secretada nesse momento tem papel anti-catabólico. O consumo moderado irá manter os estoques de glicogênio muscular, por isso é interessante que também se treine nesse dia. Nos dias de baixo ou sem carbos há déficit calórico, os níveis de insulina são mantidos baixos e o corpo passa a queimar mais gordura. O descanso da semana pode ser feito nesse dia, treino de cardio, ou ainda treino de grupos musculares menores.

Utilizando essa estratégia, é possível manter a massa muscular por não expor o organismo a grande déficit calórico. Outra vantagem metabólica da dieta é que o dia com alto consumo de carboidratos impede catabolismo muscular e ainda causa um choque no metabolismo acelerando a queima de gordura.

Dra. Gabriela Pescarini

Beijinhos,

Tati Guidi

28 Comentários

  1. amei, Tati!
    você é uma inspiração pra mim e é inacreditavel como minha saúde e corpo melhoraram por conta da EDUCAÇÃO alimentar!
    Acho muito triste que algumas pessoas ainda achem que isso é coisa de gente louca. Somos o segundo país com mais obesos, perdendo pros EUA que coincidentemente é o país com a maior variedade de alimentos saudáveis!!
    Espero cada vez mais ver meninas de 15/16 anos se preocupando com a alimentação, o nosso corpo é somente reflexo dela, sendo assim veremos resultados ruins e bons!
    As comidas que comemos são as primordiais , ou seja, o que devemos comer de verdade, o que realmente é necessario e bom pro nosso corpo. Industrializados nunca foram a base da alimentação.
    É realmente muito bom mas não deve ser prioridade!

  2. Tooo adorando as dicas!!! mas tenho uma dúvida… no meu caso, eu faço academia as 7hs da manha (3 dias musculação e 2 dias aeróbio), e acordo sempre as 6h30, como distribuo o consumo de carbo??
    aguardo resposta…beijos ;)

  3. Oi, Tati!
    Vc esta cada vez mais linda. Me inspiro em sua determinaçao. Vc sabe qual era o seu percentual de gordura qndo parou a dieta p secar e começou a de ganho de massa? Fico perdida pois nao sei se estou sequinha o suficiente p começar a dieta de ganho. Se puder me ajudar, agradeço. Beijinhos!

  4. excelente matéria! Muito legal você compartilhar isso com a gente =) perdi 11kg e no momento meu foco é manter o peso, e fazer uma dieta que me permita render nos estudos. Mas depois que for nomeada..vou colar na Tati hahhaah =) parabéns mesmo pelo blog. Já esta adicionado aos meus favoritos

  5. Tati, desculpe minha ignorância ! Mas deixa eu ver se entendi , vc disse para multiplicar 1,2g x meu peso (57kg) total 68 ! É isso q tenho q comer d carbo!?

    • Oi tatá, desculpa me intrometer, mas 50g de batata doce possui 9g de carboidrato, cada alimento vai ter uma quantidade diferente de carboidrato mesmo, então você teria que comer 68g de carbo, que seria 377,8g de batata doce 68×50/9

  6. Tati, adorei a matéria!
    Você pode enviar um modelo de dieta com exemplos dos três dias, de acordo com o seu peso, para termos um noção?

    Estou fazendo um mês e meio de fase de ganho agora antes do verão, depois terei um mês para secar, mas estou pensando em mudar para a dieta cíclica.

    Estou adorando o blog e as inspirações!

    Beijos

  7. Adorei o post! Muito explicativo e tudo que eu queria… Vou começar hojeeee!! Pra já essa dieta!! rs
    Estou uns 5 meses em cutting, sinto muita melhora na barriga, que já tá se transformando em abdomen rsrs e na definição de posteriores e membros superiores, porém, as perninhas estão afinando demais…rs Vou tentar esse ciclo de carbo pra ver se consigo recuperar um pouco de perna… Bjuss! :)

  8. tati,faz um post da sua dieta pra secar,please

    • Eu tb interesso nesse post para secar :)

  9. Tati adorei esta explicação!!!!!! Já sigo vc no instagram e agora aqui no seu blog. Parabéns pela sua dedicação e por compartilhar todo seu conhecimento com outras pessoas. Uma dúvida: quantas calorias vc ingeri diariamente????

  10. Adorei! muito bem tati, vc escreve tudo detalhado….obrigada por dividir com a gente!
    ! bj linda!

  11. Materia muiiiito legal. Vou mudar minha dieta ja! Tati vc eh demais!

  12. Tatii, mais quanto comer de carbo dps no resto do dia pq a formula so tem pra pre treino,15minutos e pos treino e dps nas outras refeicoes?
    Achoooo voce linda demais parabens! So entro no insta pra ver o teu hihi adoroooo voce! Que Deus te ilumine sempre! Parabens pelo site muito lindo! Bjoos

  13. Tati, qual é a sua quantidade de carbo nos dias de Alto Carbo e Moderado?

  14. Tati, você podia postar uma tabela com os alimentos e o que o peso deles representa em carboidratos. Ia ser ótimo principalmente pra quem (como eu) só conseguiu consulta com Dr. Paulo para fevereiro :( bjs

  15. Tati linda perfeita…
    O que vc me fala sobre creatina..
    To loca pra tomar XPEL…
    Bjuss obrigado

  16. Ola tati td bem?
    gostaria de saber se essa formula do levine e para dias que se come alto carbo ou essa e uma quantidade ideal de se comer de carboidratos..Obrigada…

  17. Thati, você poderia dar um exemplo de dieta com high carb e low carb?
    Fiquei um pouco confusa na fórmula de Levine.
    Obrigada!
    :*

  18. Olá, em primeiro lugar gostaria de parabenizá-la pela iniciativa e pela qualidade das informações aqui divididas. Não entendi muito bem sobre os carbos altos, médios e baixos. Dias de carbo alto uso a fórmula… E nos dias médios e baixos? Abraço.

  19. Tati, na dieta pra secar pode comer legumes e verduras a vontade? E o calculo de proteina é o mesmo que vc ja postou aqui?

    Obrigada

    • Ah mais uma duvida, qual a qtde de carbo no café e no pré treino? Quero secar só um pouquinho pq já sou magra.

  20. Tatii, você é uma linda. Simplesmente uma inspiração!Você pode dar o exemplo de refeição para esses 3 dias aqui?

    beijos

  21. Oi Tati, tudo bem? Gostaria de saber se o waxy maize no pós treino entra nessa contagem dos carboidratos ou devo considerar apenas alimentos sólidos? Bj

  22. Mulher, posta foto de antes e depois. Adoramos …

  23. Olá Tati, seu blog está maraaaaa!! Parabéns!!
    Adorei essa formula de Levine, mas fiquei com duvida sobre a quantidade total de carboidratos nos dias de alto (consume somente nesse periodo?), médio e baixo carbo! Poderia nos passar qual a quantidade de carbos que vc consome nos outros dias (quantidade x peso), seria maravilhoso!!
    Obrigada e um bjinho!!

  24. Queria saber mais sobre o xpel…

  25. Oi Tati linda. Adoro seu blog e te acompanho tb no insta e cada dia te admiro mais.
    Fiquei confusa com a dieta de Levine, confesso que não entendi. Pode me dar um exemplo pratico para eu que peso 53 kg e quero ganhar massa magra como vc.quanto tem que ser meus consumos de carb.
    Por favor responda. bjs!

Participe! Comente:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>